terça-feira, 8 de novembro de 2011

Blues Etílicos

2001 - Águas Barrentas - Ao Vivo
Gênero: Blues



Gravado em 2001 o álbum Águas Barrentas - Ao Vivo só veio confirmar o fato (quem já teve a oportunidade de ver a banda ao vivo sabe do que eu estou falando) de que se o Blues Etílicos em estúdio é bom, ao vivo é muito melhor! Apesar de cada membro da banda ser muito competente fica o destaque para a gaita do virtuose Flávio Guimarães e a precisa guitarra slide de Otávio Rocha. Entre as faixas destaco O Louco da Cidade clássico da banda e abre o álbum em grande estilo e Canceriano Sem Lar clássico de Raul Seixas.

Os Blues Etílicos são:

Greg Wilson - Norte-americano, natural do Mississipi. Possui bacharelato em música pela Universidade da Carolina do Sul (EUA). Além de vocalista, toca guitarra e trompete.

Flávio Guimarães - Gaitista referência no blues e rock nacionais, já dividiu o palco com Buddy Guy, Taj Mahal, Magic Slim, Charlie Musselwhite, Sugar Blue. Gravou com Alceu Valença, Ed Motta, Cássia Eller, Titãs, Zeca Baleiro, Renato Russo, Zélia Duncan, Fernanda Abreu, Luis Melodia e Paulo Moura entre outros.

Otávio Rocha - Pioneiro da slide guitar no Brasil, Otávio é um riff maker que segue a tradição dos guitarristas que fazem do riff algo tão importante como um solo de guitarra. Suas bases sólidas, solos contagiantes e divertidas performances de palco garantem um efeito cênico aos shows da banda.

Pedro Strasser - Baterista com formação no Musicians Institute (Los Angeles, EUA). Acompanhou artistas como Paulo Moura, Fernando Magalhães (Barão Vermelho) e Celso Blues Boy.

Cláudio Bedran - Baixista e também fundador da banda, atua como compositor de boa parte das músicas em português do grupo.

Track List

1. Louco da Cidade
2. Cerveja
3. Luz de Maluco
4. Na Pele
5. Misty Mountain
6. Dente de Ouro
7. Miss Coke
8. Pelicano
9. Canceriano sem Lar (Clinica Tobias Blues)
10. Camelo
11. Vou Pegá Ma Beibe
12. It´s My Soul
13. Terceiro Uisque
14. Águas Barrentas
15. O Sol Também Me Levanta



Site Oficial: Blues Etílicos

8 comentários :

  1. Valeu Rodrigo, eu sou suspeito pta falar..rs.. mas considero o Blues nacional um dos mais bem feitos no mundo. Valeu, abraço

    ResponderExcluir
  2. Conheço o Blues Etílicos, mas esse álbum ainda não ouvi. Vou conferir.

    Grande post Teberga. E obrigado por trazer um pouco de vida ao blog...rs..já que ele estava quase esquecido..rs.

    Abraço
    Daniel

    ResponderExcluir
  3. muuuito bom ! e realmente...ao vivo é melhor ainda !

    ResponderExcluir