sexta-feira, 24 de junho de 2011

João Bosco

2006 - Obrigado Gente!
Gênero: MPB



Olá de novo, aficcionados por boa música! Primeiro quero me desculpar pela ausência desses meses mas a faculdade, e outras coisas por tabela, estavam me tomando praticamente todo o tempo útil para postar algo interessante. E quero me redimir postando um ótimo show deste montro da MPB, o melhor show de MPB que já escutei.

João Bosco de Freitas Mucci, mais conhecido como João Bosco, é advindo de uma família de músicos e começou desde cedo, 12 anos, a tocar violão. Ingressou na Escola de Minas de Ouro Preto para cursar Engenharia Civil, e nesse entretempo iniciou sua carreira musical, sempre influenciado por jazz, tropicalismo e bossa nova.

Depois de formado, conheceu Vinícius de Moraes no Rio de Janeiro e passou a compor clássicos como "Rosa dos Ventos", "Samba do Pouso" e "O Mergulhador". Mas foi em 1971 que iniciou a melhor parceria: Aldir Blanc, com o qual compôs inúmeras músicas, dentre elas "O Bêbado e a Equilibrista" que é interpretada brilhantemente por Elis Regina, "Papel Machê", que a obra de "abre-alas" para aqueles que conhecem um pouco de MPB.

João tem em sua carreira 24 álbuns e este show foi gravado em CD/DVD para comemorar os 30 anos de carreira, além de conter alguns sambas da década de 60 e contou com as participações especiais de Djavan, Yamandú Costa e Guinga, entre outros. Inicia com uma demonstração do quê a banda que o acompanha é capaz de fazer em "Incompatibilidade de Gênios" e em "O Ronco da Cuíca". A banda mantém uma cadência ótima em todo o show, como nas faixas "Quilombo / Tiro de Misericórdia", "Jade", "Odilê Odilá" dentre outras, além de brilhantemente demosntrar sua habilidade de violonista nos solos "Papel Machê", "Benzetacil", "Saída de Emergência" e "Preta-Porter de Tafetá". Uma característica interessante do músico é seu jeito único de cantar as músicas em certas estrofes como se fossem onomatopéias, o que é um atrativo engraçado às músicas. Incrível, recomendadíssimo para os amantes da boa música popular brasileira!


Track List

1. Incompatibilidade de Gênios
2. Bala com Bala
3. Odilê, Odilá
4. O Ronco da Cuíca
5. Nação
6. Malabaristas do Sinal Vermelho
7. Quilombo/ Tiro de Misericórdia
8. Escadas da Penha
9. Desenho de Giz
10. Memória da Pele
11. Jade
12. Saída de Emergência
13. Um Gago Apaixonado
14. Prêt-à-Porter de Tafetá
15. Benzetacil
16. Coisa Feita
17. Linha de Passe
18. Rio de Janeiro (Isto É o Meu Brasil)
19. Corsário
20. O Bêbado e a Equilibrista
21. Quando o Amor Acontece
22. Papel Machê

João Bosco - Quilombo/Tiro de Misericórdia/Escadas da Penha


João Bosco - O Bêbado e a Equilibrista


Site Oficial: João Bosco

8 comentários :

  1. Do João Bosco só curto "Linha de Passe", que por sinal conheci no Larica Total.

    ResponderExcluir
  2. Poxa, que sincronicidade!!! Eu estava assistindo este DVD hj pela manhã e tava pensando em ripar o áudio do DVD para mp3, e vc ja me poupou do serviço!
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito de João Bosco. Que bom vê-lo por aqui.

    ResponderExcluir
  4. A propósito, Daniel, tenho certeza que você conhece outras músicas dele, mas não sabe. "Tá lá o corpo estendido no chão..." (acho que não tem nesse álbum) e outros clássicos. Baixe e ouça.

    ResponderExcluir
  5. Uma curiosidade. A letra original de "O Bêbado e a equilibrista" era:

    "Caía a tarde feito um dia adulto..."

    A primeira a gravar a música foi Elis Regina, que não gostou e mudou para:

    "Caía a tarde feito um viaduto..."

    João Bosco aceitou a mudança (também, quem vai dizer 'não' para a Elis?) e canta como ela até hoje.

    ResponderExcluir
  6. Este show é simplesmente fantático!

    ResponderExcluir
  7. sempre quis ter um álbum do bosco ! agora tenho !

    ResponderExcluir
  8. vou conhecer o trabalho agora, mas já escutei alguns comentários.

    ResponderExcluir