sábado, 2 de julho de 2011

Gregg Allman

2011 - Low Country Blues
Gênero: Blues



Não é muito difícil de entender a importância que o Gregg Allman tem no cenário musical, digo isso por um simples motivo, basta dizer que ele foi o fundador do The Allman Brothers Band, uma das bandas mais revolucionárias e importantes da história da música e do rock. É um motivo e tanto para resumir a importância desse que eu considero “o cara”. Gregg não é apenas um nome importante, mas também é um grande cantor, compositor, tecladista e guitarrista, além de ser irmão de um dos maiores guitarristas de todos os tempos, Duane Allman.

Gregg está com o Allman Brothers Band há exatos 42 anos na estrada, eu sinceramente não posso afirmar se ele tocou em alguma banda antes, por isso a única referência que tenho sobre ele é mesmo no ABB. Bom vamos deixar de lado a história da lendária ABB e falar sobre a carreira solo do Gregg Allman.

Assim como todos grandes músicos, Gregg não ficou limitado ao Allman Brothers Band e após a morte do seu irmão em 1971, o cantor e compositor decidiu dar inicio a sua carreira solo, lançando o álbum Laid Black em 1973, um álbum que teve uma boa repercussão entre a mídia especializada, e que incluiu álbuns músicas do ABB que foram retrabalhadas. De lá para cá, foram 10 álbuns lançados, entre estúdio, ao vivo e algumas compilações. Gregg consolidou sua carreira solo paralelamente ao trabalho que sempre desenvolveu no Allman Brothers, isso é sem dúvida o fato mais interessante.

Depois de 14 anos sem gravar um álbum solo e há 8 sem gravar um álbum com canções inéditas com o Allman Brothers, Gregg Allman ressurge e lança o Low Country Blues (2011). É um álbum surpreendente em todos os sentidos, primeiro por que é sempre bom ver bons músicos em atividade e depois que esse álbum não tem nada Southern rock, porém Gregg teve a sensibilidade de voltar no tempo e buscar nos titãs do blues a inspiração para seu novo trabalho solo.

Low Coutnty Blues (2011) é um álbum de blues. Com um repertório formado por 12 canções, Gregg resgatou algumas canções com mais de 50 anos, trazendo de volta composições de bluseiros consagrados e lendários como Skip James, Sleepy John Estes, Muddy Waters, Otis Rush, Bobby Bland, o rei B.B. King, entre outros. Entre as músicas, destaque para o clássico “Devil Got My Woman” de Skip James, “Blind Man”, “Floating Bridge” de Sleepy John, “Please Accept My Love” do BB King, entre outros clássicos. A única música inédita fica por conta da “Just Another Rider”, escrita por Gregg Allman em parceria o guitarrista Warren Haynes.

O álbum foi produzido por T-Bone Burnett e Gregg, e contou com uma banda de apoio formada por músicos experientes, como Dr.John (piano), Dennis Crouch (baixo), Doyle Bramhall II (guitarra) e Jay Bellerose (bateria).

Low Country Blues tem as composições clássicas de grandes nomes do blues e a interpretação de um grande músico, como Gregg Allman. Ele que ficou conhecido por tocar o rock do sul (Southern rock), escolheu esse álbum para voltar as suas origens e assim por que não dizer, prestar uma homenagem ao blues. Não chegamos ao fim do ano ainda, mais arrisco dizer que Low Country Blues, tem tudo para ser um dos melhores álbuns de 2011. Boa Audição.

Track List

01. Floating Bridge
02. Little By Little
03. Devil Got My Woman
04. I Can't Be Satisfied
05. Blind Man
06. Just Another Rider
07. Please Accept My Love
08. I Believe I'll Go Back Home
09. Tears, Tears, Tears
10. My Love is Your Love
11. Checking On My Baby
12. Rolling Stone

Ouviu e gostou ? Deixe um comentário com a sua opinião.

Gregg Allman - Just Another Rider (The Savannah Rehearsal Sessions)


Site Oficial: Gregg Allman

5 comentários :

  1. Clayton S.de Oliveira2 de julho de 2011 20:06

    Porra! grande album!

    ResponderExcluir
  2. O Gregg é bom demais mas o Duanne faz muita falta. Grande post! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  3. Boa postagem. Fazia um longo tempo que nao escutava Gregg Allman, que curti muito nos anos 1970, em discos do ABB, com e sem Duane - Brothers And Sisters, um dos meus preferidos (Come and Go Blues!), mas tambem em discos individuais como LAID BACK e o òtimo album duplo Gregg Allman On Tour de 1974. Parabens pelo blog. Abraço. Luiz

    ResponderExcluir