quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Fredrika Stahl

2010 - Sweep Me Away
Gênero: Jazz / Pop



O ano de 2010 está sendo marcado pelos excelentes lançamentos do cenário musical. Dentre os músicos que eu curto e que lançaram álbum este ano estão John Pizzarelli, Esperanza Spalding, Ari Borger Quartet, Chiara Civello, Brian Setzer , Airbourne, Iron Maiden e Fredrika Stahl.

Quem acompanha o Blog Jazz e Rock sabe a admiração que tenho por essa jovem cantora. Fredrika nasceu em Estocolmo, Suécia e aos 26 anos possui uma carreira cada vez mais consolidada. A jovem lançou dois excelentes álbuns, o primeiro “A Fraction of You” (2007) e o segundo “Tributaries” (2008), na época em que postei o álbum disse que na Europa ela é conhecida como uma cantora pop, mais a influência jazzística nas suas músicas são claras. Também citei as diferenças entre os dois álbuns, o primeiro traz uma pegada jazzística bem tradicional, já no segundo a cantora explora um pouco mais o pop, mais sempre aliado ao jazz.

O álbum “Sweep Me Away” (2010) acaba de sair do forno, foi lançado semana passada. Desde que foi anunciado, minha expectativa só aumentava. A jovem e talentosa cantora surpreende em partes com o novo álbum, musicalmente falando é diferente dos anteriores, por um simples motivo, a sonoridade voltada mais para o pop, já em relação às canções Fredrika manteve a mesma linha na hora de compor, isso é perceptível. Os arranjos continuam impecáveis, assim como nos álbuns anteriores Fredrika cativa o ouvinte através da sua voz afinada e serena, ela ainda esbanja todo o seu talento no piano. Infelizmente ainda não consegui as informações sobre os músicos que participaram da gravação do álbum.

O álbum inicia com uma intro suave, onde Fredrika surge usando a voz e com o som do piano ao fundo, em seguida a faixa-título “Sweep Me Away”, que tem tudo para ser um dos hits desse álbum. Apesar de o álbum ser considerado pop, inclusive pela própria Fredrika, nota-se que o jazz ainda é um grande aliado nas canções. “Fast Moving Train” é outra canção marcante, onde a jovem aparece muito bem, embalada por um jazz/pop. “Rocket Trip to Mars” com certeza será outro hit do álbum, inclusive foi a música lançada em um single de divulgação, bom até o momento é a minha favorita. “M.O.S.W.” é uma das músicas mais diferentes do álbum, começa de um jeito e muda de repente, creio que essa música demonstra o quanto esse álbum está diferente dos anteriores. O álbum ainda traz uma gravação da já conhecida “So High”, música da Fredrika lançada no último trabalho. Outras músicas que certamente merecem um destaque são “She & I”, “In my Head”, “Song of July” e Fading Away”.

Desde que conheci o seu trabalho, digo que Fredrika tem tudo para despontar no cenário jazzístico e isso vem acontecendo, a jovem chega ao seu terceiro álbum com muita competência e talento. O fato de ela ser considerada uma cantora de jazz ou pop, isso não importa, alias a própria Fredrika fez uma declaração sobre isso: “A questão de saber se eu sou uma cantora pop, ou uma cantora de jazz sempre me choca. Em qual categoria devo ser classificada? Para mim, a arte é uma das poucas coisas que não podem estabelecer limites. Para mim é simplesmente música”.

De início “Sweep Me Away” pode soar um pouco diferente, ainda mais para quem ouviu e está acostumado com os álbuns anteriores da Fredrika, mais isso é questão de tempo, pois a jovem continua mantendo a qualidade, o que é uma das suas marcas. Boa Audição !

Track List

01. Intro
02. Sweep Me Away
03. Fast Moving Train
04. Rocket Trip To Mars
05. Altered Lens
06. M.O.S.W.
07. A Drop In A sea
08. She & I
09. Fling On Boy
10. What If?
11. In My Head
12. Fading Away
13. Song Of July
14. So High [Bonus Track]

Fredrika Stahl - "Rocket Trip To Mars"


** Assista o clip da música "Rocket Trip To Mars" ** Clique Aqui

Site Oficial: Nome do Artista

5 comentários :

  1. Ainda não ouvi, mas tenho certeza que irei gostar. Já estou baixando, mas vou comprar os CDs.

    Fredrika foi uma das muitas coisas boas que conheci através do Jazz & Rock e desde então não sai do meu player. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Acabei de ouvi-lo. Você tem razão, os outros são mais jazzísticos, mas gostei desse também.

    ResponderExcluir
  3. Eu queria muito ter os três álbuns da Fredrika, ainda vou ter..rs

    Concordo com você, Edison. Eu quando ouvi pela primeira vez também notei essa diferença, é um álbum com uma pegada mais pop, mais com elementos do jazz. No começo estranhei um pouco, mais logo me acostumei com as músicas, principalmente a "Rocket Trip To Mars".

    Abraço
    Daniel

    ResponderExcluir
  4. É fácil se acostumar com coisa boa...

    ResponderExcluir
  5. A propósito, amanhã sai sua postagem no Musicólatras.

    ResponderExcluir