sexta-feira, 19 de março de 2010

...





Nesse momento o rei do blues deve estar tocando sua Lucille e levando ao publico ao delírio com boas músicas e com conversas descontraídas.

Se essa postagem tivesse um titulo, certamente seria “Desabafo”, parece até estranho falar disso em um blog de download, porém foi o único lugar que achei adequado pra isso. Mesmo que ninguém leia, me fez bem poder falar o que eu estou sentindo e de alguma maneira colocar isso para fora.

Esperei muito por esse 19 de março de 2010, era o dia em que eu ia finalmente assistir um show do BB King. Desde o anuncio da sua vinda, me cerquei de expectativas e esperança. Primeiro por que estava desempregado e ir ao show com o valor dos ingressos nas alturas seria muito complicado, foi então que consegui o valor emprestado com meu avô, mas na ocasião como eu não estava em São Paulo, e pedi para que minha noiva comprasse o ingresso pra mim. Aparentemente tudo estava indo de vento em polpa, com o ingresso na mão era só esperar o grande dia.

Na semana que antecedeu o show a expectativa só aumentou, já era possível ver matérias na TV e na Internet sobre os shows do BB King. No dia 16/03 o rei fez a sua primeira apresentação no Rio de Janeiro, logo depois saiu uma matéria sobre o show e serviu para que a ansiedade fosse ainda maior. No dia 18/03 eu e minha noiva pesquisamos a rota certa para chegar ao Via Funchal, estava tudo planejado, mas já não parecia tão fácil assim.

A estação mais próxima do Via Funchal é a da Vila Olímpia, para chegar nela eu precisava fazer uma peregrinação pelo metrô. Minha “viagem” começaria na estação do Tietê e chegaria até a Luz. Lá eu teria que fazer a primeira baldeação para a estação Barra Funda, feito isso pegaria a linha diamante até a estação Pres. Altino. Chegando lá teria que fazer outra baldeação, para a linha esmeralda na estação Ceasa e desceria na Vila Olímpia. Da estação até o Via Funchal (pelo mapa) parecia uma longa caminhada.

Apesar de nunca sequer ter passado nesses lugares e nem andado pelas ruas de São Paulo, achei que era possível, até por que minha noiva anotou tudo e na ida iria comigo, já que ela iria trabalhar e conseguiria voltar pelo metrô até o local do trabalho. O meu receio era na volta, primeiro pela caminhada do Via Funchal até a Estação, até por que andar em São Paulo ás 23:00hrs, sozinho e por um lugar totalmente desconhecido, causa uma certa preocupação. Porém mesmo assim estava decidido a ir, já que na volta pelo metrô era só se informar nas estações para não errar o caminho.

Chegou o tão esperado dia, porém não imaginava o que estava para acontecer. Durante a tarde fui ver os últimos detalhes e para minha surpresa e decepção os horários de funcionamento do metrô de São Paulo são horríveis. O show estava marcado para 21:30 horas, certamente não começaria pontualmente, supondo que a duração do show seria um pouco mais de 1 hora e meia, e calculando o tempo de caminhada do Via Funchal até a estação para pegar o metrô e a cada baldeação ter que procurar alguém para conseguir informação, certamente não daria tempo. O detalhe é que eu teria que fazer tudo isso em pouco mais de meia hora. Impossível. Restava uma alternativa: Carro. Porém era inviável, tudo por que São Paulo viveu mais um dia de caos, com chuva, engarrafamento e alagamento, nenhuma novidade obviamente.

A conclusão é que mesmo com o ingresso na mão, eu perdi o show mais esperado da minha vida. Assistir o BB King ao vivo era um sonho e que durante meses parecia real e em questão de 2 horas desapareceu completamente. Enquanto BB King subia no palco, eu estava a caminho de casa, dentro do ônibus, preso no congestionamento da Marginal Tietê e depois da Via Dutra.

Isso tudo foi como um sonho, que veio sendo construído desde os tempos em que comecei a ouvir o som do BB King, depois o desejo de ir a um show, a oportunidade, a chance única e estar com o ingresso na mão, mas em poucas horas tudo desmoronou na minha frente. Talvez para muitas pessoas não significa nada, “Ahh é apenas um show de um velho que toca guitarra”, é o que muita gente pensa, mais para quem é fã e curte música, esse show vai muito além disso, é até difícil resumir em uma palavra a importância dele.

O que me restou? O ingresso ! Vou guardá-lo de recordação e para me lembrar que esse sonho não se realizou.

Sobre esse texto gigante, serviu como um bom desabafo e me ajudou a colocar isso tudo pra fora. Até por que as pessoas que estão em minha volta dificilmente vão entender o que esse show significava e o tamanho da sua importância. A única que entendeu foi minha noiva. O dinheiro nessas horas é irrelevante, pois isso é recuperável, agora o show do BB King é irrecuperável.

Abraço.

9 comentários :

  1. Putz, nem consigo acreditar meu caro amigo! Perder o show por conta de horários do metro é foda mesmo! posso imaginar tamanha frustração.
    Eu também não vou ao show, mas por falta de grana mesmo.

    Como B.B. King disse em sua entrevista “Sim, eu fico cansado. Mas sigo em frente. Ainda adoro trabalhar. Serei um garoto até a morte” Vamos pedir a Deus que o grande King retorne!

    ResponderExcluir
  2. Puta sacanagem! O trânsito em São Paulo tá f...mesmo.
    Sei que não serve de consolo, mas seu texto me lembrou da decepção que senti quando Oscar Peterson esteve no Brasil pela primeira vez, quando ia para fazer três apresentações no Teatro Municipal de São Paulo. Eu tinha ingresso para o terceiro dia, mas o show foi cancelado porque houve uma briga entre o artista e seu empresário. Por sorte, eu tive a chance de ouvi-lo no Ibirapuera, anos depois. Quem sabe você também tem uma segunda oportunidade?

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo, fiquei indignada aqui. Eu disse que minha família toda gostaria de ir ao show, mas nada que a gente fosse/pudesse realmente planejar. Entendo a sua posição como fã, eu cansei de perder os "shows da minha vida" apenas por não morar em São Paulo. Mas imagino que deva ser pior ESTAR em SP e não ter como chegar. A sensação deve ser desesperadora.

    Não sei nem o que dizer, mas fica firme. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Imagino sua decepção Daniel. Quando criamos tamanha expectativa para um show, e quando sentimos que não vamos conseguir mesmo dps de tanto esforço, é bem doído.

    Espero que possa ter outra oportunidade. Sempre tem.

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  5. Poxa fico triste.. vc nem imagina o quanto... ver quem a gente ama.. perdendo aquilo que era mutio importante.. e extremamente triste.. e o pior eu nao poder fazer nada para ajudar... é revoltante :( ....
    akele maldito hospital podia ter me dado folga :(

    ResponderExcluir
  6. Não consigo pensar em nada pra lhe dizer que possa melhorar a situação, é ruim mesmo.

    Eu sinto muito Daniel.

    ResponderExcluir
  7. Eu não imaginava que tanta gente ia ler o que eu escrevi. Na verdade foi mesmo um desabafado, desde a hora que eu percebi que não ia conseguir chegar ao show, só me restou chorar.

    Esse não foi o primeiro e nem será o ultimo show perdido da minha vida, mais o que me deixou mais triste era saber que o ingresso estava nas minhas mãos e não cheguei por causa do trânsito e do transporte coletivo da cidade de São Paulo.

    Mais fazer o que. Esse texto serviu como um grande desabafo na hora da raiva, agradeço a todos que cometaram e deram uma palavra de força.

    Abraço !

    ResponderExcluir
  8. Renato Costa - capcav@ig.com.br9 de maio de 2010 19:53

    Olá Daniel

    Da mesma forma como a vida nos proporciona momentos difíceis como o que você viveu em outros traz felicidades e boas lembranças.

    Guarde as boas para toda a sua jornada nessa vida e deixe as ruins guardadas em uma gaveta, para que sejam apenas lembranças.

    Guarde em sua memória as ações das pessoas que o auxiliaram: seu avô emprestando o dinheiro e sua noiva com a compra do ingresso e no planejamento da jornada.

    De uma forma ou outra eles sentiram o que você sentiu, mesmo sem ter o mesmo amor pelo B.B. King, pois o sentimento deles é para você.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pelas palavras Renato.

    Esse post foi mais uma forma de desabafar mesmo. Agora é ter paciência e esperar o BB King voltar.

    Abraço

    ResponderExcluir